quarta-feira, 9 de abril de 2008

Acampamento Arrábida - 6/7 Abril

Caros Pioneiros,

Mais uma etapa da nossa caminhada foi cumprida com este acampamento no parque Escutista do CEADA.
Para além do grupo Pioneiro, tivemos também a presença dos nossos Caminheiros, num total de 21 elementos.
O dia de sábado, com toda a certeza ficará na memória de todos pois foi um dia intenso e cansativo mas que nos permitiu contemplar uma das serras mais bonitas do nosso país. A ascensão ao Pico do Formosinho foi tão cansativa como espetacular pois a compensação da vista é a melhor das recompensas que podemos ter...

A hora de almoço também permitiu aos mais afoitos um banhito na praia do Portinho da Arrábida que, segundo disseram, estava gelada...

O nosso Fogo de Conselho foi pródigo em momentos hilariantes e foi óptimo podermos efectivamente ter fogo em campo, o que cada vez mais é difícil...

No dia do regresso, pudemos ainda visitar a Adega José Maria da Fonseca que fica situada bem no centro de Azeitão e constatar o que de bom se faz, em matéria de vinhos, no nosso país...

Agora, retemperar forças para o próximo desafio que se avizinha que é o São Jorge que se vai realizar nos próximos dias 19 e 20 de Abril entre Cascais e Oeiras...

Pretende-se que este Blog seja interactivo portanto digam de vossa justiça quais são as vossas opinições, o que podemos melhorar, etc...


Uma Canhota Amiga
Lobo Barbudo.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Hoje conseguimos testar-nos a nos proprios... Corremos riscos, divertimo-nos, e apesar de tudo conseguimos por á prova as nossas capacidades... Entre ajuda superámos os perigos sempre com espirito de equipa, houve certas coisas que nao correram muito bem, houve conflitos, falta de vontade e principalmente cansaço por parte de todos... mas resolvemos os conflitos, encontramos força de vontade e arranjamos dentro de nos forças para continuar. Porque ser escuteiro nao é so brincar, divertirmo-nos, mas principalmente e acima de tudo ser escuteiro é saber respeitarmo-nos uns aos outros, correr riscos e aprender com eles, é saber ouvir opinioes difrentes das nossas e aprender a amar-nos uns aos outros construindo no escutismo uma amizade inesquecivel.*
(Fogo de conselho, equipa Açor)

16 de julho de 2008 às 15:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial